Bem vindo à Rua Direita!
Eu sou a Sophia, a assistente virtual da Rua Direita.
Em que posso ser-lhe útil?

Email

Questão

a carregar
Textos | Produtos | País: Portugal
Top 30 | Categorias
|
Início > Produtos > Vendedores > Origifure lda

Email

Password


Esqueceu a sua password?

Origifure lda

País:  Portugal  Portugal
Região: Porto
Zona: Porto
Telefone: 22 013 7233 - 91 105 8366
Email: Enviar email
Site: 

Origifure.com - Telf. 22 9742204 - 933553009
91 105 8366 Skype:origifure
A optimização do conforto nas habitações levou ao desenvolvimento de tecnologias de aquecimento e climatização sendo, o lançamento no mercado nacional dos aquecedores de acumulação, um sistema inovador de aquecimento eléctrico, que permite obter o máximo conforto com um custo mais reduzido de energia.


O que são os acumuladores de calor?
Os acumuladores de calor são equipamentos capazes de armazenar energia calorífica durante um período de tempo, para libertá-la, mais tarde, lentamente e com um fluxo controlável. São elementos para aquecimento do ambiente, dado que utilizam o período nocturno para armazenar o calor, aproveitando ao máximo as vantagens da tarifa bi-horária. Desta forma, a grande economia é proporcionada pelo facto de tirar partido da tarifa bi-horária, consumindo, apenas, nas horas de vazio, com baixo custo da energia eléctrica e aquecendo durante o dia. Podemos comparar o seu funcionamento ao de uma vulgar bateria de telemóvel, que carregamos durante uma ou duas horas, para trabalhar durante um determinado período de tempo.

Estes, são equipamentos muito versáteis, podendo ser instalados em moradias, apartamentos, zonas comerciais ou escritórios. São uma solução global de aquecimento eléctrico e podem, também, complementar outros tipos de aquecimento já utilizados. A sua instalação pode fazer-se quer em construções novas, quer nas já existentes.

Tipo de acumuladores
Os aquecedores de acumulação são, basicamente, constituídos por blocos de cerâmica, sendo cada bloco constituído por duas unidades, no interior dos quais se situam resistências eléctricas. Estes equipamentos são concebidos para manterem um espaço a uma determinada temperatura constante, durante 24 horas, estando em carga até 8 horas. O aquecimento obtém-se por dissipação de calor, quer por convecção natural, quer por radiação, armazenado nos blocos de cerâmica.

No mercado distinguem-se dois tipos de acumuladores:

- acumuladores estáticos: dispõem de uma entrada de ar na parte inferior e uma saída na parte superior, de forma a que o ar da habitação possa circular através do núcleo do acumulador, sendo desta forma aquecido. Estes equipamentos libertam calor através da sua superfície, por convecção natural e são mais adequados para serem instalados em espaços com necessidades permanentes de aquecimento (exemplo dos quartos) e em locais da habitação, em que o controlo exacto da temperatura não é importante, designadamente no hall, nos corredores e nas zonas de passagem.

- acumuladores dinâmicos: nestes equipamentos, o ar circula através do núcleo acumulador forçado por um ventilador. A grelha difusora, para saída do ar, está localizada na parte inferior do aparelho. Dispõem de um isolamento superior garantindo, por isso, maior capacidade de retenção de calor.

O sistema de regulação de carga pode ser manual ou automático. O sistema manual está incorporado no próprio equipamento e permite ao utilizador aumentar ou reduzir a dissipação de calor. O modo automático requer uma sonda de temperatura que, em função da temperatura exterior durante a noite, e do calor residual do núcleo, determina a quantidade de calor a armazenar para o dia seguinte, resultando daqui um maior aproveitamento energético.

Os acumuladores dinâmicos dispõem de uma melhor regulação de descarga que os estáticos, pelo que a sua instalação é mais aconselhável para dependências onde se deseje uma regulação da temperatura mais fina, ou uma restituição mais rápida de calor.

Constituição dos acumuladores de calor
Estes aparelhos são principalmente constituídos por:

- Núcleo acumulador - Consiste num conjunto de placas de material refractário com grande capacidade de armazenamento de calor. A temperatura do núcleo, no final do período de carga, pode atingir os 600-700 ºC.

- Resistências eléctricas - Estão imersas no núcleo acumulador, aquecendo este da forma mais uniforme possível, até à temperatura indicada.

- Isolamento térmico - Conserva o calor acumulado no núcleo e, ao mesmo tempo, impede que a temperatura exterior do aparelho ultrapasse o permitido pelas normas (máximo 90ºC).

- Sistemas de segurança e controlo - Asseguram que as cargas e descargas de calor se realizam em óptimas condições. O sistema de segurança inclui um limitador térmico ou um termostato de segurança, de modo a evitar que se ultrapasse a temperatura máxima do núcleo.

Viabilidade técnico-económica dos equipamentos de acumulação
Uma das principais características de funcionamento deste tipo de aquecimentos, centra-se no facto de estar somente em carga 8 horas por dia garantindo, ainda assim, uma temperatura constante durante as 24 horas do dia. Deste modo, o utilizador tem todo o interesse em adoptar a tarifa bi-horária uma vez que o equipamento estará em funcionamento nas horas de vazio (durante a noite), beneficiando do custo mais baixo do kWh.
www.origifure.com





Produtos de Origifure lda

mais... >